Olá!

Meu nome é Rosanna, sou formada em Gestão Financeira e Técnica Contábil e criei este blog com a finalidade de trocar ideias, comentar notícias do meio contábil, discutir procedimentos, e tudo o mais que for interessante comentar com meus amigos, clientes e parceiros.

A contabilidade se tornou minha profissão meio sem querer e, devo confessar, não é nada fácil... mas não consigo me imaginar em outra direção!

Sejam todos muito bem-vindos!


"Não venci todas as vezes que lutei, mas perdi todas as vezes que deixei de lutar."

"Sou um só, mas ainda assim sou um. Não posso fazer tudo..., mas posso fazer alguma coisa. Por não poder fazer tudo, não me recusarei a fazer o pouco que posso."

"No mundo sempre existirão pessoas que vão te amar pelo o que você é...., e outras.... que vão te odiar pelo mesmo motivo...., acostume-se a isso... com muita personalidade, determinação e - se puder - paz de espírito..."

"O que você puder fazer, faça. O que você não puder fazer, aceite. É assim que você é, e você está aqui para ser você mesmo, ninguém mais."

"Palavras se tornam Pensamentos, que definem Sentimentos, que se transformam em Comportamentos, que determinam Resultados."

"Não precisa ser perfeito, mas seja excelente em tudo o que fizer."

"Aqueles que andam na luz não precisam se preocupar com o que acontece na escuridão."

"Tudo tem seu tempo determinado e há tempo para todo propósito debaixo do céu
E o tempo dos homens é diferente do tempo de Deus...
Há tempo de nascer e tempo de morrer,
Tempo de plantar e tempo de colher,
Tempo de chorar e tempo de rir,
Tempo de abraçar e tempo de afastar-se,
Tempo de amar e tempo de aborrecer,
Tempo de guerra e tempo de paz."

"Os fardos que carregamos sempre são proporcionais à nossa capacidade de suportá-los. Os fardos sempre nos fazem mais fortes, mais esclarecidos e maduros, quando suportados com resignação e coragem."

"Limpe a poeira que porventura estiver impedindo que você enxergue que viver é um ato de amor, renove tudo o que for contrário a isso, e renasça!
Vale a pena tentar! Proponha-se a conseguir!"

"Deus nunca fará por você aquilo que você pode fazer, mas sempre fará por você tudo aquilo que você não pode fazer."

"Não declares que as estrelas estão mortas só porque o céu está nublado."

"Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já têm a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É tempo de travessia, e se não ousamos fazê-la, teremos nos fixado para sempre à margem de nós mesmos."

"O destino decide quem entra em nossas vidas. As atitudes decidem quem permanece."

"Às vezes, quando tudo dá errado, acontecem coisas tão maravilhosas que jamais teriam acontecido se tudo tivesse dado certo..."

"Às vezes, por medo de DIMINUIR, deixamos de CRESCER...
Por medo de CHORAR, deixamos de SORRIR...
Por medo de SOFRER, deixamos de AMAR...
E assim, por medo ARRISCAR, deixamos de VIVER...
Nunca DESISTA de seus IDEAIS!!!
E lembre-seque a vida é topar qualquer parada e não parar em qualquer topada...."

"Existem pessoas que não sabem e não perguntam...
Existem pessoas que sabem e não ensinam...
Existem pessoas que ensinam e não fazem.
O sucesso é de quem faz!"

"Ajudar as pessoas a superarem os problemas significa também ajudar a si mesmo..Nada é perda de tempo, tudo é investimento."

"Pedras no caminho? Coleciono todas... um dia, construirei meu castelo!"

"Não fique triste se alguém lhe virar as costas. Isso significa, apenas, que essa pessoa não pode aguentar a firmeza de seu olhar."

"Tem sido dias de batalhas diárias, pequenas, mas decisivas. A cada dia você vence um pouco."

"Concedei-me, Senhor, a serenidade necessária para aceitar as coisas que não posso modificar, coragem para mudar aquelas que posso e sabedoria para distinguir uma das outras."




Notícias

Loading...

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

NF-e da Prefeitura de São Paulo - como começar??

Bom dia à todos!
Recebi a sugestão de postar os procedimentos sobre a nota fiscal eletrônica da Prefeitura de São Paulo.
Obrigada, Murilo!

Os prestadores de serviços em SP podem optar por emitir a nota fiscal eletrônica em substituição ao talão de notas.
A vantagem é poder enviar ao tomador dos seus serviços por e-mail, evitando custos de correio ou deslocamento para entregar a nota em papel. Você também não precisa imprimí-la, basta guardar em formato PDF. Na verdade, há a opção de configurar o envio automático da nota por e-mail assim que a emissão é concluída, podendo inserir algum comentário ou informação que você considere importante.
Antes de mais nada, é necessário que o seu CCM já esteja emitido. Você pode consultar no site da Prefeitura, menu CCM, opção Ficha de Dados Cadastrais. Com o seu CNPJ é possível consultar as informações.
O próximo passo é solicitar a Senha Web pelo site mesmo. Lembrando que todas as prestadoras de serviços podem solicitar a NF-e, inclusive as do Simples, como é o caso de nós, MEIs.
Na opção da NF-e, clique em Acesso ao Sistema e siga as instruções. Será gerado um formulário que deve ser assinado e reconhecido firma do dono da empresa e entregue, junto com alguns documentos que estarão discriminados, na Praça de Atendimento do Vale do Anhangabaú.
Para os MEIs, como não temos Contrato Social, deve ser levado o Certificado de Micro Empreendedor.
Depois de entregue, mediante protocolo, a Prefeitura envia para seu e-mail a confirmação de liberação da senha.
O próximo passo é acessar e acertar as configurações da sua empresa. Lembre-se que MEI não deve pagar ISS sobre as notas que emitir! O seu ISS já está previsto na guia de impostos mensal.
Para que o ISS não seja gerado, você deve verificar se a opção Simples Nacional está assinalada.
As empresas que são tributadas pelo Lucro Presumido, a partir deste ano de 2011, estão obrigadas a emitir suas notas eletrônicas mediante certificado digital (e-CNPJ ou e-CPF). As que são tributadas pelo Simples ainda não estão obrigadas, podendo continuar emitindo com sua senha web.
Por enquanto, é isso. Para mais detalhes, consultem o manual da NF-e no site da Prefeitura.
Agora é só alavancar as receitas e ter muito sucesso no seu negócio!

189 comentários:

Anônimo disse...

Olá Rosanna,
Efetuei o cadastro na prefeitura para utilização da NFe, já recebi a autorização. Porém, ao acessar o sistema já constatei mais dúvidas:
Qual a tributação dos serviços que devo utilizar, Tributado em São Paulo, Tributado fora de São Paulo, Isento/Imune ou Suspenso/Decisão Judicial? Levando em consideração que sou MEI e efetuo os pagamentos em único valor mensal.
Ao efetuar o cadatro verifiquei a possibilidade de incluir nome fantasia, porém me informaram que MEI não poderia utilizar nome fantasia, quais os procedimentos para conseguir um nome fantasia para MEI?
Saudações,
Murilo

Anônimo disse...

Mais um detalhe, no campo de Código de Serviço não consta a atividade da minha MEI, no meu caso "instalação e manutenção de sistemas centrais de ar condicionado" CNAE 4322-3/02. Como devo proceder se na ficha de dados cadastrais do CCM já constam as atividades principais e secundárias CNAE 4322-3/02 e 3314-7/07?
Agradeço desde já.
Murilo,

Rosanna disse...

Oi, Murilo!
Utilize "Tributado em SP" sim, pois é aqui que os serviços serão prestados.
Comigo aconteceu algo interessante: eu gostaria de colocar o nome fantasia e fiquei decepcionada quando concluí minha inscrição do MEI e não tinha nenhum lugar para informar o nome fantasia... Quando fui configurar minha NF-e coloquei sem querer o "Parceria Contábil" para ver se gravava. Bom, gravou e agora não consigo alterar mais... rs. Como já era o endereço do blog, acho que foi destino! Ficou assim mesmo!
Formalmente, não está previsto o cadastro do nome fantasia na inscrição apesar de ter essa informação nas propagandas de divulgação do MEI (Lembro do Giba Hortifruti!)
Quanto aos códigos de serviços, no seu CCM, logo abaixo de todas as informações, deve ter um quadro com os códigos, alíquotas de ISS, tipo de nota e livros fiscais previstos. São esses códigos que devem estar no seu cadastro da NF-e. Você pode consultar a tabela completa no site da Prefeitura também - na opção ISS. Um CNAE pode estar abrangendo vários códigos de serviços com alíquotas diferentes. Quando você for emitir uma nota deve selecionar o código correto. Não se preocupe com o ISS, se estiver configurado Simples Nacional no site, não será gerada nenhuma cobrança além do seu pagamento mensal.
Espero ter sanado suas dúvidas. Fique à vontade para perguntar o que precisar.
Muito obrigada!

Anônimo disse...

Olá Rosanna,
Obrigado pelos esclarecimentos, tem me ajudado muito.
Tenho mais algumas dúvidas quanto a emissão da NFe SP MEI:
1- Alíquota (Aliq. (%). Preciso preencher?
2- Campo valor total das deduções. Deixo em branco?
3- ISS Retido pelo tomador. Opção sim ou não?
4- Substituição de Recibo Provisório se Serviços (RPS) por NFe. Preciso preencher estes campos?
5- Preciso citar alguma informação no campo Discrição dos Serviços pelo fato de ser MEI. Ou apenas cito os serviços realizados?
6- Após clicar em EMITIR, o sistema envia a NFe direto pelo e-mail do cliente?
Agradeço mais uma vez.
Abraço,
Murilo

Rosanna disse...

Oi, Murilo, boa tarde!
Vamos lá!
1- Alíquota (Aliq. (%). Preciso preencher? - Este campo é a alíquota do ISS referente aos serviços que você está prestando e já cadastrados no sistema da NF-e. É meramente informativo quando a empresa é do Simples. Para as outras empresas, indica o valor de ISS a pagar no campo ao lado (Valor do ISS) e vencimento.
2- Campo valor total das deduções. Deixo em branco? - Sim, deixe em branco. Você não vai efetuar nenhuma dedução na sua nota. E nem retenção, porque empresas do Simples não sofrem retenção em nota a não ser em casos muito específicos, mas na prática ainda não vi nenhum.
3- ISS Retido pelo tomador. Opção sim ou não? - Quando o tomador dos seus serviços for obrigado a reter ISS de você devido à alguma Lei Municipal da cidade dele, ele deve te informar. Caso contrário, assinale "não".
4- Substituição de Recibo Provisório se Serviços (RPS) por NFe. Preciso preencher estes campos? - Não precisa. O RPS é como o antigo talão de papel. Significa Recibo Provisório de Serviços. No caso do site estar fora do ar e você não puder adiar a emissão de uma nota, você pode usar o RPS (ou do antigo talão que muitos ainda têm quando optam pela NF-e ou um controle como espelho de NF feito como quiser, desde que siga a ordem numérica das suas notas). Assim que o sistema volta, o RPS deve ser substituído pela NF-e e aí você coloca as informações neste campo. Caso contrário, mantenha em branco.
5- Preciso citar alguma informação no campo Discrição dos Serviços pelo fato de ser MEI. Ou apenas cito os serviços realizados? - Faça uma breve descrição dos serviços prestados. Pode até incluir dados bancários para depósito quando for o caso. Este campo é livre, deve ser explicativo.
6- Após clicar em EMITIR, o sistema envia a NFe direto pelo e-mail do cliente? - Depende. Tem que estar cadastrado. Se seu cliente é usuário de NF-e ou somente se cadastrou para ter os créditos anuais, pelo CPF virão os dados dele de cadastro, inclusive e-mail. Se a pessoa não tem cadastro, você deve informar o e-mail. Ou então você pode salvar a nota após emissão em pdf e enviar como anexo pelo e-mail normalmente.
Um grande abraço e muito obrigada!

Anônimo disse...

Olá Rosana, muito bom seu blog, estou acompanhando.

Tenho uma dúvida, você sabe se pra quem emite NF-e aqui em São Paulo é obrigatório a confecção dos livros fiscais de ISS? O site da Prefeitura não é bem claro quanto a isso, ele fala que a DES não precisa, mas fica meio no ar em relação ao livro de ISS. Eu entendi que não precisa, mas gostaria de tirar essa dúvida com alguém que entende mais.

Obrigado

Thiago

Rosanna disse...

Thiago, bom dia! Muito obrigada por acompanhar o blog!
Não precisa não. Quem emite nota eletrônica não precisa fazer o livro do ISS porque as informações geradas a cada nota emitida vão direto para a Prefeitura, substituindo as informações que seriam prestadas no livro.
Mas em relação à DES, se você receber alguma nota de talão ou eletrônica de fora da Capital, é necessário enviar a DES.
Um grande abraço! Muito sucesso!

Rosanna disse...

Thiago, completando... MEI é dispensado da DES sim.

Luis Carlos disse...

Olá Rosanna
obrigado pela sua vontade em ajudar , fiz o cadastramento na PMSP CCM PARA EMITIR NFE como corretor autonomo pessoa fisica , fiz o desbloqueio de senha na web , mas não consigo acessar a EMISSÃO nfe , na prefeitura me disseram que posso emitir nota como pessoa fisica é isso mesmo ?
como proceder ?

Rosanna disse...

Luis Carlos, bom dia!
Pesquisei um pouco no site da Prefeitura, não conheço muito bem os procedimentos para pessoa física. Me parece que é alguma configuração de perfil que não deve estar de acordo para você poder emitir.
Na página da NF-e tem o link para os manuais, do lado esquerdo da página. O primeiro é o manual de acesso para pessoas físicas. Dê uma olhada nele, pode te ajudar a entender o que está acontecendo. Caso esteja tudo de acordo, sugiro entrar em contato novamente com a Prefeitura pelo Fale Conosco do site. Sinto não poder ajudar tanto quanto você precisa... Espero que consiga solucionar essa questão.
Um abraço!

Jeimes disse...

Olá Rosanna,

Sou cadstrado como MEI e já emito NF-e normalmente mais agora fiz um serviço na cidade de Diadema e não sei como procedo para emitir a NF-e pois tenho que emitir tributada fora de São Paulo você pode me ajudar pois não sei se tenho que colocar alguma aliquota, recebo a mensagem a seguinte mensagem "Código do Serviço da NF-e não permite tributação fora do município"

Rosanna disse...

Jeimes, bom dia!
Estive buscando informações a respeito, mas para variar, nada...
nem no site da Prefeitura de Diadema...
Seria melhor questionar o tomador dos serviços se ele tem conhecimento sobre a retenção primeiro. Precisamos saber se a prefeitura exige a retenção, a exemplo do que acontece na capital.
Essa mensagem que você disse que o sistema traz é no momento da emissão, com todos os dados inseridos? Isso pode ser uma pegadinha para MEI... será que MEI não pode faturar fora da cidade de origem??? Se fôsse uma empresa de outro porte, simplesmente habilitaria a opção de tributar fora da cidade e colocaria a retenção do ISS no corpo da nota (discriminação dos serviços).
Verifique com o tomador e, caso não seja possível a emissão, verifique se ele aceita um recibo, já que o serviço foi concluído. Enquanto isso vou pesquisar mais e te aviso se conseguir encontrar alguma coisa para te ajudar.
Um abraço.

Rosanna disse...

Jeimes,
Consegui uma confirmação de que primeiro é necessário verificar com a Prefeitura de Diadema se o serviço que você prestou é passível de retenção de ISS. Se for, basta colocar a informação da retenção na discriminação de serviços (verificar a alíquota do município para o serviço e coloque o valor). O tomador de serviços efetuará o pagamento da retenção para a Prefeitura e, para você, pagará o líquido (serviço bruto menos a retenção).
Me avise o que conseguir fazer, ok? Se encontrar mais informações, coloco aqui para você.
Até mais!

Anônimo disse...

Ola Rosanna,

Tbem sou tecnica contabil e estou começando na area. Fiz a abertura de duas empresas prestadoras de serviço na area da construção civil tributadas pelo simples nacional no municipio de SP. Ao emitir uma NFE o campo aliquota de ISS não está disponivel para preenchimento. Isso é normal?
Grata,
Kátia

Rosanna disse...

Kátia, bom dia!
Sim, é normal. Isso porque qualquer empresa tributada pelo Simples Nacional não deve pagar nenhum outro imposto sobre a nota porque já pagará na guia mensal, e o ISS está incluso lá.
Um abraço!

Anônimo disse...

Olá Rosanna,

Aqui estou outra vez, começamos com uma sugestão e vejo que os posts foram tomando conta do seu blog, parabéns!

Preciso de uma ajuda, sou de SP e tenho que emitir uma NFe para Curitiba, como devo proceder quanto aos valores lançados? Já solicitei que verificassem pra mim o valor recolhido pela prefeitura de ISS. Eu que devo calcular e incluir os valores no discritivo da NF? Poderia exmplificar.

Obrigado desde já.

Abraço,

Murilo

Rosanna disse...

Oi, Murilo!
Antes de tudo, precisa verificar a legislação municipal de Curitiba para saber se exigem a retenção de ISS por ser o prestador de fora da cidade (a exemplo do que acontece aqui na Capital). Outro ponto que precisa verificar é se exigem a retenção de MEI porque tentei emitir uma retendo o ISS e o sistema não dá essa opção, justamente porque MEI é optante do Simples e não deve reter nenhum imposto na nota. Nota fiscal de outro porte de empresa aparece a opção para retenção.
A alíquota do imposto vai depender do código do serviço prestado.
No momento da emissão, uma opção seria você mencionar a retenção no corpo da nota (alíquota e valor calculado sobre o valor bruto dos serviços) mas não sei te dizer se isso está sendo utilizado por outros MEIs. Vou pesquisar um pouco mais para tentar te ajudar, ok?
Um abraço!

Rosanna disse...

Murilo, veja só o que encontrei...

http://www.receita.fazenda.gov.br/legislacao/resolucao/2009/CGSN/Resol58.htm

Em especial no parágrafo 3º:
§ 3º Na vigência da opção pelo SIMEI não se aplicam ao MEI:

IV – retenções de ISS sobre os serviços prestados;

Não menciona o caso de municípios diferentes mas como o regime de tributação é federal, não deveria restar dúvidas quanto a não retenção de ISS.
Espero que ajude, se descobrir mais alguma coisa, te aviso, ok?

Anônimo disse...

Oi Rosanna,

Sou eu outra vez.
Obrigado pela ajuda.

Também encontrei algumas informações, o erro apresentado é (quando a opção é tributação fora do município): “O código de serviço da NF-e não permite tributação fora do município.”

No site da Prefeitura de SP diz: O sistema da NF-e permite a seleção do tipo de tributação: “serviço tributado fora de São Paulo”, somente nas hipóteses previstas no art. 3º da Lei nº 13.701/2003.

O artigo 3º da Lei nº 13.701/2003 sita:
O serviço considera-se prestado e o Imposto devido no local do estabelecimento prestador
ou, na falta do estabelecimento, no local do domicílio do prestador, exceto nas seguintes
hipóteses, quando o Imposto será devido no local:
I – do estabelecimento do tomador ou intermediário do serviço ou, na falta de estabelecimento,
onde ele estiver domiciliado, na hipótese do parágrafo 1º do artigo 1º;
II – da instalação dos andaimes, palcos, coberturas e outras estruturas, no caso dos serviços
descritos no subitem 3.04 da lista do "caput" do artigo 1º;
III – da execução da obra, no caso dos serviços descritos nos subitens 7.02 e 7.17 da lista do
"caput" do artigo 1º; .... continua

Oque entendi é que para determinados serviços o ISS pode ser recolhido em outra cidade. O próprio sistema se encarrega quando mostra o erro acima citado.

Configurei a NFe com tributação em SP mesmo, coloquei 5% em tributos e a NFe foi emitida normalmente pelo sistema.

Pergunta: Preciso recolher esses 5% de ISS? Se sim, como proceder?

Sou MEI e optante pelo simples SP.

Ah! Descobri que em Curitiba a alíquota varia de 2 a 5% de acordo com cada tipo de serviço. Mas agora a NFe já foi.

Grande abraço,

Murilo

Rosanna disse...

Murilo, bom dia!
Verifique no site da NF-e, na opção guias de pagamento, se gerou um DAMSP para o ISS. Se não gerou, há um link no site da Prefeitura para emitir manualmente a guia:
- no menu a esquerda, clique em pagamento de tributos;
- clique em informações gerais sobre o DAMSP online;
- no menu a esquerda, clique em ISS;
- clique em emissão de DAMSP para pagamento.

Você colocou os 5% no corpo da nota ou desmarcou a opção do Simples Nacional?
Estou preocupada com uma coisa: se você desmarcou a opção do Simples Nacional, a Prefeitura pode considerar como mudança de regime e cobrar os impostos retroativamente? Neste caso, sugiro cancelar a nota...
Se foi somente informativo no corpo da nota, o processo de emissão do DAMSP é suficiente.
Até mais!

Rosanna disse...

Murilo, completando...
Colocando a retenção no corpo da nota quem deve recolher mesmo é o tomador dos serviços, pagando para você o líquido (bruto menos retenção). Verifique se isso vai acontecer antes de emitir a DAMSP.

CRC Couro disse...

Olá Rosanna...
tive a informação de que tenho que emitir NF-e. mas não tenho interesse em fazê-lo. Minha empresa na área de prestação de serviços de restauração em couro é do Simples Nacional e o meu faturamento ainda não chega a R$200 mil. Não posso continuar com meu talãozinho, o que me obrigaria a ter que entrar nesse tal cadastro da Prefeitura. Obrigada pela sua atenção.

Nessinha disse...

Boa tarde Rosana..adorei seu blog..
mas já aproveitando queria tirar uma dúvida com você,,fiz um cadastro do MEI, já estou com o CNPJ e com o Certificado da Condição de Microempreendedor Individual,gostaria de saber se preciso dar entrada no CCM, e como fazer,ah..a empresa e de outras atividades de ensino não especificadas anteriormente..e professor de educação fisica,,e preciso tirar nfe da prefeitura para poder receber como faço...grata...Vanessa

Nessinha disse...

olá Rosana,
efetuei o cadastro na receita para SIMEI, o serviço e de professor de educação fisica, a atividade e outras atividades de ensino nao especificadas anteriormente,e preciso tirar nfe da prefeitura para poder receber, gostaria de saber como faço. lembrando que eu naum tenho cadastro nenhum na prefeitura , nem mesmo o ccm,como faço...
att.vanessa

Anônimo disse...

Ola, Eu fiz meu cadastro em MEI e preciso emitir uma nfe para o Rio de Janeiro como devo fazer??

Rosanna disse...

CRC Couro, boa tarde!
Infelizmente, se sua empresa não está na relação de atividades que ainda não são obrigadas a emitir nota eletrônica, não há outro jeito senão aderir... Tem uma postagem com a IN que está determinando a obrigatoriedade e você pode consultar lá se o código de serviço que você tem está obrigado ou não. Mas não se iluda! Isso é questão de tempo. Aos poucos todas as empresas estarão na era digital, melhor se preparar o quanto antes.
Um grande abraço e boa sorte!

Rosanna disse...

Vanessa, boa tarde!
O CCM será gerado automaticamente em aproximadamente 40 dias. Você deve consultar no site da Prefeitura com seu CNPJ. Quando for liberado, você poderá providenciar sua nota fiscal eletrônica, também pelo site.
É simples, no site tem as explicações mas infelizmente você precisará aguardar o CCM.
Um abraço!

Rosanna disse...

Anônimo, boa tarde!
Rio de Janeiro é uma cidade que exige cadastro dos prestadores de serviço de fora para não cobrar o ISS da cidade. Verifique no site da Prefeitura do RJ os procedimentos para se cadastrar lá antes de emitir a nota. Quando sua nota chegar ao tomador dos serviços, ele poderá consultar e verificar que não será devida nenhuma retenção e você receberá o valor bruto normalmente, ok?
Um abraço!

Anônimo disse...

Boa noite, eu fiz meu cadastro como Empreendedor individual, fiz o cadastro da senha web no site da prefeitura, eu vejo o link para emissão de nota fiscal, mais com EI preciso comprar o certificado digital para emissão da Nfe?

Obrigado,

Leandro

Anônimo disse...

Bom dia Rosanna...Meu nome é Alexandre, tenho uma empresa ME (grafica) e descobri que sou obrigado a emitir NFE a partir de 1 de agosto....solicitei minha senha web e agora vou levar o requerimento na prefeitura....sabe me informar quantos dias leva até a liberação da senha e a autorização para poder emitir a NFE? Posso emitir a NF convencional enquanto isso? Obrigado!

Rosanna disse...

Leandro, boa tarde.
MEI está dispensado de obter certificado digital por ser tributado pelo Simples Nacional.
Você deve emitir suas notas com login e senha, ok?
Um abraço!

Rosanna disse...

Alexandre, boa tarde!
Não demora muito não, em mais ou menos 3 dias úteis você receberá o e-mail com o deferimento da senha.
Depois, verifique as configurações do perfil para ver se está tudo de acordo.
Se você utilizar nota convencional enquanto a eletrônica não estiver liberada após 01/agosto, você deverá convertê-las em NF-e assim que o acesso for liberado e utilizá-las para sua contabilidade. Neste caso, suas notas convencionais serão consideradas RPS (recibo provisório de serviços).
Abraço!

Leandro disse...

Olá Rosanna, queria tirar uma dúvida, eu abri uma empresa como empreendedor individual, para emitir algumas notas de prestação de serviço e pelo que entendi não pagamos IR, só que também sou registrado em uma empresa e com meu salário não entro na faixa do IR, juntando as duas eu vou ter que pagar o IR.

Obrigado,

Anônimo disse...

Olá!
Eu sou corretora pessoa física, possuo CCM mas não tenho CNPJ. Tenho obrigação de emitir NF-e?
Meu esposo tem microempresa individual, possui CNPJ mas não tem sócio nem contrato social... Também será obrigado a emitir NF-e ou pode continuar emitindo NF do talão, normalmente?
Gostaria também de saber seus contatos para abertura de nova empresa. Você nos auxilia? Muito obrigada,
Analúcia
analucia_araujo@hotmail.com

Anônimo disse...

Ola Rosana,

Emiti minha primeira nfe, mais foi descontado os 5% de ISS porque? Nos como EI e tributação normal já não pagamos no valor fixo?

Rosanna disse...

Leandro, bom dia!
De qualquer modo, mesmo sendo isento nas duas situações, você deverá fazer a declaração de IR da pessoa física por ter uma empresa. Mas sua declaração pode dar zerada sim. O valor que você deverá informar como rendimentos do MEI será seu faturamento bruto menos os impostos e despesas do ano.
Um abraço!

Rosanna disse...

Analucia, bom dia!
Se você está na categoria autônomo e seu marido inscrito no Simples, não são obrigados a emitir nota eletrônica - ainda...
Infelizmente, Analucia, não tenho tido tempo para me dedicar a clientes... sou funcionária em uma empresa e o tempo está bem corrido. Até para responder às dúvidas no blog está corrido... mas, se quiser uma indicação, me avise que te mando por e-mail.
Obrigada!

Rosanna disse...

Anônimo, você deve verificar nas configurações do perfil da nota eletrônica se a opção pelo Simples Nacional está assinalada. Se não estiver, cancele a nota que emitiu, marque a opção e emita novamente. Se estava marcada, precisa verificar com a prefeitura o por quê da cobrança, pois pode ter havido algum erro no seu cadastro. MEI não deve pagar nenhum outro imposto adicional, somente a guia mensal.
Um abraço!

Anônimo disse...

Boa tarde,

O EI pode faturar R$ 36.000,00 ano, isso é R$ 3.000,00 mês. Fiz meu cadastro dia 13/07/2011, isso quer dizer que posso faturar R$ 18.000,00, ou não conto julho e posso faturar R$ 15.000,00 nesse ano???

Rosanna disse...

O faturamento é proporcional no primeiro ano sim. Começando em julho, você terá como base para o limite anual R$ 15 mil de faturamento - é mais seguro não contar o mês de julho.

Anônimo disse...

Olá Rosana,

Boa tarde!
Sou eu, Murilo, outra vez.

Referente ao post anterior: Configurei a NFe com tributação em SP mesmo, pois o sistema não abilita p/ fora de SP, então coloquei 5% em tributos e a NFe foi emitida normalmente pelo sistema.

Pergunta: Preciso recolher esses 5% de ISS? Se sim, como proceder?

Não coloquei nada na descrição do corpo da NF referente a ISS, é importante colocar? Oque pode ocorrer?

Sou MEI e optante pelo simples SP.

Ah! Descobri que em Curitiba a alíquota varia de 2 a 5% de acordo com cada tipo de serviço. Mas agora a NFe já foi.

Na semana passada havia uma informação na mídia sobre a votação referente a alteração do valor máximo de faturamento p/ MEI, saberia me dizer se foi aprovado e qual o novo valor?

Obrigado mais uma vez e parabéns pelo blog.

Abraço,

Murilo

Anônimo disse...

Olá Rosana....muito obrigado por sua boa vontade em ajudar-nos. Ja solicitei a senha web, fiz o cadastro no site, agora preciso aguardar a autorização pra poder emitir a NFS-e, correto? Nao achei no site quanto tempo leva para autorizarem, sabe me informar quanto tempo leva? Meu atual contador é de fora de SP, e nada ele sabe me informar....vc presta serviços aqui em SP? grato! Alexandre

Rosanna disse...

Murilo! Como vai você?!
Não entendi porque gerou o ISS se você é MEI... você colocou a opção pelo Simples no perfil?
Se gerou guia, veja no próprio site da Prefeitura, temo que deva pagar sim. Ou cancele a nota, se der tempo ainda, e emita sem gerar ISS.
Sobre a alteração no limite do faturamento, não encontrei nada a respeito da aprovação. Vamos ficar de olho!
Obrigada!

Rosanna disse...

Alexandre, boa tarde!
A liberação da senha web acontece em mais ou menos 3 dias. Depois disso, entre no site, confira as informações da sua empresa e configure seu perfil para optante do Simples.
Se tiver dúvidas no preenchimento da sua primeira nota, conte comigo!
Não atendo clientes mas posso dar uma mãozinha...!
Um abraço!

Anônimo disse...

Olá Rosanna,
Ótimo seu blog. Não é sempre que encontramos alguém querendo ajudar neste mundo cada vez mais individual.
Estou com uma dúvida e gostaria de saber se vc pode me ajudar. Tenho que incluir um novo código de serviço, pois minha empresa irá começar a emitir NFE, pois prestaremos um novo tipo de serviço.
Como faço essa inclusão no site da prefeitura sp? Já tenho senha WEB, certificado, tudo. Só não está habilitado o campo de emissão de NFE pois não temos código incluído para emissão.
Obrigado
Raul

Rosanna disse...

Raul, boa tarde!
Muito obrigada!
Toda e qualquer alteração necessária na sua empresa começa com a Junta Comercial, depois Receita Federal, Prefeitura, etc.. Neste momento, melhor você entrar em contato um contador que possa fazer essa inclusão para você porque é bem trabalhoso e leva tempo...
Um abraço!

Vagner disse...

Boa tarde, estou procurando o campo no site da prefeitura para informações de como implantar a NFe, mas não consigo achar, pois sempre me direciona no nota fiscal paulistana, você poderia me passar onde encontro o link com todas as informaçãoes de como devo proceder? Obrigado
Vagner

Rosanna disse...

Vagner, boa tarde!
A nota fiscal eletrônica da prefeitura de São Paulo como conhecíamos virou a nota fiscal paulistana. O ambiente mudou um pouco mas é aí mesmo. Você vai encontrar o manual de ajuda na aba Informações Gerais.
Segue o link: http://nfpaulistana.prefeitura.sp.gov.br/
Um abraço!

Anônimo disse...

boa noite,
antes de mais nada gostaria de dizer que o blog esta de parabens e que nele estou encontrando respostas que nao consegui no sebrae etc...me cadastrei no mei no dia 26/09 e ja encontrei minha primeira dificuldade que foi a abertura de conta PJ, como eu ja havia pesquisado estava em duvida entre o BB e a CEF, por ter linhas de credito especiais e tarifas diferenciadas para mei, fui primeiro em uma agencia do BB no shopping campo limpo, chegando la o gerente muito mal informado nao tinha conhecimento do mei e me deu um formulario de 06 paginas para eu preecher e disse que nao tinha formulario de abertura de conta para mei, disse que a taxa de manuntencao da conta seria de R$ 36,00 mensal etc...depois disso passei na CEF, e la o gerente tinha total conhecimento sobre o mei, a c/c e isenta de tarifas no primeiro ano, resumindo em 5 minutos consegui abrir a conta.

Anônimo disse...

boa noite, meu nome e Sidney e fiz o cadastro do mei no dia 26/09 e gosteria de saber se tem a possibilidade do CCM sair no comeco do proximo mes, pois fui informado que os dados sao passados para prefeitura no comeco de cada mes e estou precisando do CCM para poder emitir NFE.??
gostaria de saber tambem como e feito processo para emitir NFE de vendas e equipamentos e se o mesmo tambem necessita do CCM???

Anônimo disse...

boa noite Rosanna, vc havia comentado que usou sem querer um nome fantasia "Parceria Contábil" no momento do cadastro da NFe, gostaria de saber se esse nome vai sair na NFe

se sair, oq fazer se vc receber um cheque nominal a esse suposto nome fantasia???

Rosanna disse...

Muito obrigada por sua experiência com os bancos. Vai servir de dica para os outros MEIs com certeza!

Rosanna disse...

Sidney, boa tarde.
O CCM é gerado em aproximadamente 40 dias, não há relatos de tempo menor do que isso... Ele é obrigatório para todas as empresas, mesmo de vendas, que também precisam ter a inscrição estadual (se não foi gerado no momento da sua inscrição, verifique com a Secretaria do Governo). Com CNPJ, CCM e IE, você poderá entrar em contato com uma gráfica para fazer talão de notas. A nota eletrônica da prefeitura é somente para prestadores de serviços.
Um abraço!

Rosanna disse...

Sobre o nome fantasia, ele não sai no momento da emissão da nota, sai mesmo a razão social.
Se por acaso receber um cheque nominal ao nome fantasia, não tenho certeza absoluta, mas acredito que não haverá problemas para recebê-lo desde que o nome fantasia tenha sido informado no momento da abertura da conta corrente jurídica.
Agora, se você não abriu a conta jurídica e recebeu um cheque, você não conseguirá depositá-lo, ok?
Abraço!

Anônimo disse...

dom dia Rosanna, eu posso pedir o ccm direto na prefeitura para nao ser preciso esperar tento tempo???

Rosanna disse...

Bom dia! Como MEI não... os trâmites com a Junta Comercial, Secretaria da Fazenda e Prefeitura são automáticos. Você não tem alternativa neste caso, precisa esperar o CCM ser liberado no site.

ASTROBOY disse...

nao consigo emitir NFSe da ME de SP estou domiciliado em sao luis ma e quando tento emitir a nota com tributado fora de sp e com retençao do tomador não aceita, que devo fazer?

Rosanna disse...

Astroboy, deixa eu ver se entendi direito: sua empresa é de São Paulo mesmo? Você está em São Luis tentando emitir uma nota como se estivesse aqui para um cliente de São Luis?
Pode haver algum impedimento devido à retenção. MEI é tributado pelo Simples e não deve ter retenções na nota. Tente emitir sem retenção.
Qualquer coisa, me avise para que eu possa tentar ajudá-lo, ok?
Um abraço!

MVANDERLEI disse...

Olá Rosana, Boa Tarde.
Parabéns pelo Blog, Muito Bom.
Meu nome é VANDERLEI, preciso fazer a Substituição dos RPS(ao todo 7 NFS convencional), por NFS-e de uma empresa Ltda-ME não optante do Simples; Qual o procedimentgo correto que devo adotar? Lembrando que esta será a
1ª emissão das NFS-e da Empresa.
a) Emitir direto 1 NFS-e para cada RPS,citando campo discriminação n nº/série do RPS?
b) Ou,primeiramente, tenho que citar no sistema da NFS-e o RPS para depois emitir a NFS-e? Se for o caso, como devo proceder?
Um abraço e muito obrigado.

Anônimo disse...

Olá Rosanna!

Achei o seu blog muito interessante.
Eu gostaria de saber se você pode me ajudar.
Eu trabalho numa contabilidade em Snata Catarina com um cliente na cidade de São Paulo. Este cliente vai precisar emitir NF-e, já providenciamos o cadastro e também o certificado digital por se tratar de uma empres do regime normal, agora eu preciso saber como fazer o cadastro de contador pra ter acesso as NF que forem emitidas e também fazer a apuração do ISS, você sabe como devo proceder?

Rosanna disse...

Vanderlei, boa tarde!
Agradeço muito a confiança! Espero poder contribuir sempre.
Não fiz nenhuma conversão de RPS em lote para NFS-e ainda, sempre emiti direto, mas sei que um lote de RPS só pode ser convertido em uma única nota se os serviços prestados tiverem sido todos para o mesmo cliente e dentro do mesmo mês. Caso contrário, deve emitir uma nota para cada RPS e acredito que há sim um campo aonde você informe que se trata de conversão de um RPS.
As informações sobre os serviços no campo discriminação devem ser os mesmos informados antes.

Aproveitando o outro comentário enviado por você hoje que ainda não apareceu no blog, não há necessidade de enviar nenhum documento ou declaração para a prefeitura pois, sendo as notas eletrônicas, as informações vão on line para o governo. O que existe a partir de agosto/11 é a conversão das notas recebidas (serviços tomados) de prestadores de outros municípios (eletrônicas ou não) em NFTS (notoa fiscal do tomador dos serviços). Com isso, a DES foi extinta (declaração eletrônica de serviços) e o ISS que por ventura for retido nas notas já será apurado online inclusive disponibilizando a guia para pagamento.
Um abraço!

Rosanna disse...

Anônimo de Santa Catarina, boa tarde! Você deve entrar nas configurações do perfil e cadastrar o CNPJ e e-mail da contabilidade. Mais embaixo há também a opção para que o contador cancele, emita ou somente receba as notas emitidas.
O ISS das notas eletrônicas fica disponível imediatamente após emissão, no site mesmo, em "emissão de guias". Você pode aguardar o mês acabar para emitir uma guia só.
Um abraço!

Anônimo disse...

Oi Rosana,

Primeiro, muito interessante o blog. Minha pergunta, MEI continua dispensado de obter o certificado digital para emissão de NFe?

Agradeço desde já.
Marcos

Rosanna disse...

Oi, Marcos! Sim, continua dispensado de certificado digital, MEI ainda consegue emitir nota eletrônica com login e senha.
Um abraço!

MVANDERLEI disse...

Rosanna,
Boa Noite!!!
Obrigado pela resposta dada à minha pergunta postada no dia 06/10/11; Me foi plenamente útil e já aplicada com Sucesso; Peço-lhe desculpas pela demora no agradecimento, estive viajando(longe do computador) e só hoje retornei; Continuarei acompanhando, sempre, o seu Blog, afinal ele é uma verdadeira escola prática.
Sucesso à você.
Um Abraço!!

MVANDERLEI disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Rosanna disse...

Vanderlei, bom dia!
Eu agradeço muito sua confiança! Conte comigo sempre que precisar.
Um abraço!

Anônimo disse...

Boa tarde, Rosanna,tenho uma dúvida quanto o tempo que leva para receber a autorização para poder emitir nf?
Obrigada
Ana Santos

Rosanna disse...

Oi, Ana! Quando a solicitação é para nota eletrônica de serviços, em aproximadamente 3 dias úteis após a entrega da requisição no Vale do Anhangabaú, o acesso é autorizado. Quando é talão, a gráfica providencia o documento de autorização (AIDF) e leva na prefeitura, o prazo é em torno de 3 a 5 dias, depende da gráfica.
Um abraço!

Ana Santos disse...

Obrigada pela atenção Rosanna. Então, no meu caso é a nota eletrônica de prestação de serviço, hoje fez 5 dias e ainda não veio a senha por email, já liguei para a sub da sé (onde tive que levar todos os documentos requisitados)e como sempre quando é utilidade pública nunca tem uma resposta determinada, estou no pé do contador e nada. Nesse caso no que me aconselha?
Obrigada
Ana

Anônimo disse...

Oi Rosana, muito bom encontrar seu blog! é um alívio! Estou com o mesmo problema da Ana Santos, dei inicio a solicitação da senha junto a subprefeitura dia 19 de outubro, e segundo o contador, minha solicitação foi extraviada na prefeitura, e que, como o erro foi da prefeitura(pelo menos é o que o contador diz), eles me dariam "preferencia" depois de eu fazer a solicitação novamente. Eu ja fiz tudo de novo e até agora nada, isto já faz 3 dias!
Algum conselho? Estou sendo enrolada pelo meu contador?

Obrigada!

Rosanna disse...

Oi, Ana!
Infelizmente, não há muito o que fazer, precisa ficar de olho mesmo. Pode estar havendo algum problema técnico mas é claro que nunca irão dar uma satisfação, não é mesmo?
Bom, como teve o feriado no meio, espero que já tenho recebido o deferimento. Se não recebeu, sugiro ir pessoalmente até a sub-prefeitura onde deu entrada.
Boa sorte!

Rosanna disse...

A prefeitura perdeu o documento??!! Que coisa... Bom, não haverá muito o que fazer, acompanhe de perto. Como disse à Ana, podem ser problemas técnicos agora, já que está demorando mais do que o normal, mas não há muito o que o contador possa fazer, pois se o documento foi entregue corretamente, agora é com a prefeitura mesmo.
Essa história de preferência... nunca ouvi dizer...
Boa sorte!

Ana Santos disse...

Oii Rosanna, o problema já foi solucionado, já consegui a senha web das NFe, já estou emitindo. Só consegui mesmo depois do feriado, o contador foi até a subprefeitura eles não sabiam o que podia ter acontecido, e passaram a senha. A gente tem que ficar no pé mesmo, cuidar de pertinho, senão a coisa não anda.
Muito obrigada pelas dicas, gostei muito do seu blog!
Grande abraço

Ana Santos

Anônimo disse...

Olá Rosana, entreguei os documentos listados pela prefeitura, certificado de MEI, CNPJ e pedido de liberação com firma reconhecida. Eles negaram a solicitação dizendo que "os representantes não tem poderes legais para assinar pela empresa". Como MEI eu mesmo não sou o representante legal? O que pode ter faltado?

Agradeço se puder me ajudar!
Marcos

Anônimo disse...

Oi Rosanna! muito Obrigada a minha senha também ja foi liberada, mas a historia não acabou pelo extravio, segundo o contador, a prefeitura alegou que não aceitava minha assinatura, então o contador veio, e pediu novamente que eu assinasse o requerimento. Achei muita enrolação, mas na quinta consegui emitir.
Muito Obrigada pela informação, vou continuar sempre dando um pulinho por aqui :)
Obrigada!

Rosanna disse...

Ana, excelente! Que bom que tudo se resolveu!
Um abraço!

Rosanna disse...

Marcos, bom dia!
Sim, você é o representante e o único que pode assinar pela sua MEI, a não ser que dê uma procuração a alguém para te representar, o que não é o caso. Acredito que sua solicitação caiu nas mãos de alguém despreparado. Sugiro primeiro ir pessoalmente até a prefeitura conversar com alguém e tentar reverter esse indeferimento. Se não adiantar, pode tentar o processo novamente....
Boa sorte!

Rosanna disse...

Parece ser o mesmo caso do Marcos, logo acima. O que está havendo com as assinaturas que, mesmo reconhecidas em cartório, estão sendo barradas na prefeitura???
Que bom que seu caso se resolveu, e precisando estamos aqui!
Um abraço!

zoomartsvisual.webnode.com disse...

oi rosana,meu nome é EDUARDO presciso de nota de meus serviços e ainda não conigui impremir nenhuma ja fiz todos prosedimentos ja levei os documentos na prefeitura,como rediram e nada demora assim mesmo

Rosanna disse...

Oi, Eduardo!
Sim, ultimamente está demorando mais do que devia, já houve relato aqui no blog de extravio de documentos.... fique de olho. Se demorar mais do que 5 dias úteis, vá até a prefeitura, ok?
Boa sorte!

Fabricia Romaniv disse...

Oi Rosana!

Seu site tem sido uma mão na roda para mim!

Me ajude por favor. Sou do MEI, optante pelo simples. Preciso emitir uma NF para osasco.

1º) Coloco tributado fora de Sp?

2º) Qdo coloco tributado fora de sp, não consigo emitir a nota. O que faço?


Abs, Fabrícia

Rosanna disse...

Bom dia, Fabrícia!
Está parecendo bug do sistema.... deveria colocar tributado fora de SP sim com a retenção de ISS se for o caso....
Tenta dar a volta no sistema: coloque tributado em SP e verifique se em Osasco é necessário reter ISS. Se for, no corpo da nota, coloque a retenção de acordo com serviço prestado. Você deverá receber o líquido do cliente e seu cliene deve recolher esse ISS retido à Osasco. Parece pagamento duplicado do mesmo imposto, afinal você já paga ISS na sua guia mensal, mas cada município age de um modo diferente. Aqui na capital SP é assim também: prestadores de fora do município, se não se cadastrarem na Secretaria Municipal de Finanças, terá ISS retido na nota, não importa o porte da empresa.
Espero ter ajudado, boa sorte!

Fabricia Romaniv disse...

Oi Rosana!

Obrigada pela resposta. Como já tinha visto em seu site, perguntei para a empresa se eu precisava descontar o ISS e ela disse que não. O mesmo fiz com uma nota que vou ter que passar ao RS, e lá fui informada que já pago ISS, então não vai ser descontado.

Daí o que fiz, para oasaco, consegui emitir colocando ISEnto. Daí a nota foi emitida.

Fiz certo?

Abraços!

Rosanna disse...

Oi, Fabrícia! Bom dia!
Também não é o caso de ser isento, afinal você paga sim o ISS, mesmo que seja um valor fixo. Mas tudo bem, acho que assim fica bem resolvido, é o que se pôde fazer, não é mesmo? É como se os MEIs estivessem sendo impedidos de prestar serviços para fora do seu município, e isso não é certo já que o MEI é uma figura nacional e a lei também. Espero que a prefeitura corrija este problema em breve para que as notas sejam emitidas corretamente. Aproveite e verifique no site se não gerou nenhuma guia de ISS para você pagar (não deve ter gerado nada).
Obrigada pela confiança! Esteja sempre por aqui!

Fabricia Romaniv disse...

Mais uma vez obrigada por sua resposta!

Foi exatamente isso que pensei: "Será que só posso passar notas para o munícipio de SP", não faz sentido.

Entrei no site da prefeitura, e lá eles encaminham para o site da NF para ver se tem algum tributo para eu pagar. Até então não tem nada (abri a empresa em nov/11), e no site do mei o boleto que tenho de pagar é de R$ 27,25. E agora? Onde pago o ISS???

Obrigada novamente.

Fabrícia

Rosanna disse...

Fabrícia, bom dia!
O único tributo que você deve pagar é o DASN do MEI, nada além disso, ok? Mas o valor correto é R$ 32,25 sendo R$ 27,25 do INSS e R$ 5,00 do ISS... pelo portal do empreendedor você tem a guia sem ISS??? Isso não está certo.... é automático, não deveria sair uma guia com valor menor.... Não sei o que te dizer... Você tem pago suas guias sem ISS faz tempo?

Fabricia Romaniv disse...

Olá Rosana!

Então, esse vai ser o primeiro pagamento que vou fazer.

Abs,

Fabrícia

Rosanna disse...

Fabrícia, bom dia!
Tem algo errado aí mas não sei te dizer porque sua guia está assim... sugiro que você entre em contato com a Secretaria do MEI para ver o que está contecendo. Seguem os dados:
Secretaria do Microempreendedor Individual - Semei
Rua Líbero Badaró, 425 - 2ºandar, Centro
Telefones: 3396-7010 / 7013
E-mail: smgmei@prefeitura.sp.gov.br
Boa sorte e me conte depois o que conseguir apurar, ok?

Tatiane disse...

Boa tarde!

Tenho uma empresa de transporte de cargas municipal, intermunicipal e interestadual que tem sua sede em São Paulo, gostaria de saber se posso emitir nota fiscal da prefeitura para embu, se não poder o que devo fazer?

Fabricia Romaniv disse...

Oi Rosanna,

então, liguei na central de atendimento do mei e eles me disseram que sou isenta de ISS(???). Abri a empresa como "edição de livros", pois trabalho com revisão de texto, e a atendente disse que sou isenta. No site em que emito as notas fiscais, sempre aparace o valor zerado no ISS. Disse também que eu só pago O INSS.

Também perguntei sobre a tributação da nota fora de SP? Sabe a resposta que tive: NINGUEM SABE ME INFORMAR!!!! Nem no mei, nem na prefeitura....PODE?

Acho que então vou emitir nota com tributação isenta (mesmo para a capital)

QQ novidade lhe aviso!

Abs,

FAbrícia

Fabricia Romaniv disse...

Oi Rosanna!

Mandei um e-mail para prefeitura sobre essa dúvida da tributação. Eles me mandaram colocar no regime de tributação "simples nacional" que já sai sem o ISS (já tinha feito isso)

mas vi aqui

http://ww2.prefeitura.sp.gov.br//arquivos/secretarias/financas/legislacao/Lei-13701-2003.pdf

no artigo 3 que então devo colocar minhas notas tributadas em Sp, que é o local onde é prestado o serviço. Estou correta?

Anônimo disse...

bom dia no MEI o faturamento limite por mê é de R$ 5.000,00 do faturamento bruto ou liquido

Anônimo disse...

oi, rosanna!
obrigada pela atenção que vem dando a tantas dúvidas de contribuintes e trabalhadores confusos com o sistema fiscal-tributário maluco do nosso país.. :)
eu estou aqui googlando sem parar e não consegui entender ainda como é que, como pessoa física com CCM registrado na prefeitura de sp, posso gerar notas fiscais, e com que tributações.
sou jornalista e estou perdidinha. :)))
te agradeceria muito se pudesse dar uma luz!!!!
um beijo e obrigada,
su

Anônimo disse...

ah: será que vou ser obrigada a abrir uma MEI?
lá não consta a profissão de jornalista, só de editores xizi..
obrigada novamente!!
su

Rosanna disse...

Tatiane, bom dia!
Se sua empresa é sediada em SP e presta serviços para Embu, a única verificação que te aconselho a fazer é ver com a prefeitura de Embu se exigem retenção de ISS na sua nota fiscal, a exemplo do que acontece na capital SP se a empresa for sediada em outro município e não se cadastrar na secretaria de finanças. Fora isso, acredito que não há nada que impeça sua emissão para outras cidades, ok?
Um abraço! E desculpe a demora em responder...

Rosanna disse...

Fabrícia, bom dia!
Sim, você está correta. Seus serviços são tributados em SP, e no seu perfil deve estar assinalado a opção pelo Simples Nacional para que não gere guia de ISS no momento da emissão da nota. Quanto a ser isento de ISS, não sei dizer mas pode ser que a atividade seja tratada assim. Você pode dar uma busca pelo site da prefeitura e verificar se existem débitos no seu CNPJ. Se nada estiver sendo cobrado em atraso, aprendemos mais uma!
Sobre emitir nota para outra cidade, verifique sempre se existe algum procedimento para reter ISS. Tem se tornado comum. Geralmente o próprio cliente avisa, mas é bom sempre se adiantar e pesquisar antes de emitir.
Desculpe a demora em responder... Um abraço e boa sorte!

Rosanna disse...

Anônimo, bom dia!
O limite de faturamento do MEI é de R$ 60.000,00 bruto no ano a partir de 2012. Isso significa que independente do quanto se receba mês a mês, o total do ano é que não pode exceder R$ 60 mil na declaração, ok?
Um abraço!

Rosanna disse...

Su, bom dia!
Algumas profissões podem ter o CCM da prefeitura e emitir RPA (Recibo de Autônomos). Há retenção de INSS (geralmente 11%) e IR (conforme tabela progressiva). Quem contrata os serviços por RPA também deve incluir este prestador na folha de pagamento, incidindo 20% sobre o valor bruto dos serviços prestados.
A atividade deve constar na lista de permissões do MEI. Se não estiver lá ainda, nem tente abrir. Não faça isso com uma atividade nada a ver com a sua para não ter problemas no futuro. Muitas atividades não estão contempladas para o MEI, então deve avaliar os custos de uma empresa de maior porte com um contador, ok?

Boa sorte! e mil desculpas pela demora na resposta...
Um abraço!

Fabricia Romaniv disse...

Oi Rosana!

Sem problemas, vc me ajudou bastante!

Sobre o iss eu liguei na central de atendimento do mei e eles me disseram que sou isenta do Iss, então só vou pagar os R$ 27,25 por mês.

bjs

Beto disse...

Olá Rossana,
Realmente MEUS PARABENS pelo blog. Muito dificil encontrar pessoas dispostas a ajudar como você.
Minha pergunta é a seguinte:
• Já tenho e-NF e tudo mais, porém eu precisava que na Nota Fiscal Emitida não saísse meu nome, mas sim o Nome Fantasia, pois gostaria de ser conhecido como o Nome Empresarial e não Pessoal ... há alguma maneira de trocar isso na NF emitida ?
desde já, obrigado

painel de comando disse...

Ola Rosanna td bem? gostaria de saber como devo proceder para cancelar minha inscrição do MEI.
grato.

TOKYO MASSAGENS disse...

Olá Rosana..Parabens pelo trabalho..
Sou MEI em Cubatão e pago a DAS regularmente. Recebi um carne para pagar ISSQN. Devo pagar??
Não estaria isento??
Muito obrigado
Edilson Nunes

Anônimo disse...

Olá, Rosana

Estou desesperada, em ago/11 pedi para um contador abrir um micro empresa de manutenção de empilhadeiras, ele me enrolou até janeiro e não abriu nada, quando descobri que em 03/01/12 ele me increveu como MEI sem minha autorização. Ele me disse que era uma manobra de contador para ier mais rápido e então ele transformaria MEI em Micro empresa, até agora quando consulto na receita aparece o meu nome com meu cpf na frente, que significa que ainda é MEI, ele me disse que mudou a opção de Simei para simples Nacional, isso procede?

att.

Roseli

Rosanna disse...

Beto, bom dia!
Desculpe a demora em responder, estou na correria... Bom, se sua nota for eletrônica da capital de São Paulo, nas configurações de perfil há um campo para o nome fantasia. Eu coloquei lá para testar e depois não consegui remover.... mas ele não saía em nenhuma consulta sobre a empresa que eu tive. Como ela não teve movimento, não tive a oportunidade de emitir uma nota para ver se o nome fantasia sairia nela. Se fôsse talão, a gráfica poderia imprimir o nome sim. Se não der certo, enquanto for MEI, sua razão social sempre será seu nome + CPF. O que daria para fazer é colocar o nome fantasia em papel timbrado, assinatura de e-mail, correspondências, enfim, é um modo de fazer com que os clientes associem o nome à sua empresa, mesmo que sua nota fiscal saia com a razão social como conhecemos.
Obrigada! Espero sempre poder fazer parte das soluções, jamais dos problemas!
Um abraço e boa sorte!

Rosanna disse...

Painel de Comando, bom dia!
Tem o post que fala um pouco sobre o assunto, pesquise no blog. Note que não consegui ir até o final, até hoje meu CNPJ está com situação suspensa e não encontro uma alma bondosa para me ajudar a terminar esse processo de vez.... mas o que eu consegui fazer já vai te ajudar bastante, tenho certeza!
Se souber como chegar até o fim por favor, compartilhe comigo porque não aguento mais correr atrás da Receita Federal..... :)
Um abraço e muita boa sorte nessa empreitada!

Rosanna disse...

Edilson, bom dia!
Isento, necessariamente, você não é. Há a cobrança do ISS na guia mensal em valor fixo independente de quanto você faturar. O que pode estar acontecendo é, se você está emitindo para dentro da sua cidade mesmo, a prefeitura pode não estar identificando sua empresa como sendo do Simples Nacional. Verifique isso para questionar as cobranças e pedir o cancelamento delas. Você só deve pagar a guia mensal, não há outro tributo a pagar. Agora, se você emite nota para outra cidade e esta cidade exige um cadastro com a prefeitura para não ter o ISS retido na nota, como acontece na capital de SP, pode ser este o motivo. Verifique se é isso o que acontecendo e se precisar de mais auxílio, estou à disposição, ok?
Um abraço, obrigada!

Anônimo disse...

Oi, Rosanna!
Gostaria de obter seu e-mail de contato. É possível você publicá-lo aqui?
Grata, Luciana.

Rosanna disse...

Luciana! Já respondi seu e-mail, ok?
Um abraço!

Sylvia disse...

è necessário abrir uma conta bancária Juridica para a mei? neste primeiro momento feito um pagamento em ted a conta de pessoa fisica consegue receber??

Rosanna disse...

Sylvia, bom dia!
Muitos MEIs não devem estar fazendo isso, mas é o certo sim. Tudo parte de um princípio contábil, o da entidade. Significa que os assuntos da empresa não se misturam com os assuntos do empresário pessoa física. É mais ou menos o caso de você pegar a conta de água da sua casa e pagar pela conta bancária da sua empresa que fica em outro endereço, entendeu? As receitas de um MEI deveriam ser recebidas em uma conta PJ, assim como todas as despesas da empresa devem ser pagar por essa conta. Qualquer houver apuração de lucros e você tiver direito a alguma retirada, aí sim, haveria uma transferência dessa conta PJ para a sua conta pessoa física. Este valor de lucros inclusive deve aparecer na declaração de imposto de renda da pessoa física, em isentos ou não-tributáveis.
Provavelmente, como o MEI é destinado a pequenos empresários, geralmente eram autônomos, e a renda não é tão boa que justifique abrir outra conta e arcar com os custos desta, muitos devem estar recebendo na conta bancária que sempre tiveram. Não é certo, mas vai da cultura, e também da falta de orientação que os MEIs enfrentam.... Se for possível, abra sim a conta PJ. Significa muito para o crescimento do seu negócio.
Um abraço!

Sylvia Masini disse...

Oi Rosana,

Sou Mei a pouco tempo, dei entrada para liberação de minha senha web hoje, mas preciso emitir uma nota com urgência. Temos um feriado pela frente e acredito que a autorização irá demorar mais do que 3 dias. Pergunto; Posso emitir um RPS e depois substituí-lo pr NFe?

Obrigada,
Sylvia

Rosanna disse...

Oi, Sylvia.
Sim, você pode. Se você já tinha um talão de notas, emita normalmente e, assim que possível, substitua-a pela nota eletrônica e envie ao seu cliente. Se você não tinha talão, pode ver se seu cliente aceita um recibo com todos os dados deste serviço e com os dados da sua empresa até você ter acesso à nota eletrônica. Se não me engano, há um prazo para substituições de RPS em NFS-e, então, quando for substituir verifique isso no site da prefeitura, ok?
Um abraço!

Sylvia Scaringi disse...

OLÁ ROSANA, RECEBI UM BOLETO DA ASSOCIAÇÃO Comercial e Emp. do Estado de São Paulo hoje dia 14 com vencimento dia 15 contribuição anual de R$ 258,97, como Mei não tenho obrigatoriedade de pagar certo???

Rosanna disse...

Sylvia, bom dia!
Não precisa pagar não. Acontece que essas associações pegam os nomes das empresas nos órgãos públicos, principalmente quando são abertas ou fazem alguma alteração, e ficam mandando essas cobranças indevidas. Só pague o que você for associado de verdade. Desconsidere qualquer boleto desse tipo que você não tenha se associado.
Um abraço.

Arte Bela Vida disse...

Olá Rosana.
Estou desolada e sem saber o que fazer, no dia 22/11/2010.
Uma contadora que não mora mais em SP abriu para mim uma MEI.
Ja fez algo errado pois nunca trabalhei com comida só com decorações p/ festa e ela colocou isso e depois de feito não dava pra mudar, mas ela disse que não tinha problema.
Disse que chegaria o comunicado da Prefeitura com o meu CCM e chegou entreguei a ela como combinado.
Ela ia imprimir um documento para mim pois veio um link na carta ela fez isso e me deu um papel granpiei junto e deixei a unica orientação que ela me deu era pagar a DAS e foi o que fiz sou artesã faço flores de EVA Modelada só agora comprei um notbook e coloquei internet em casa.
Devido a necesidade de emitir NFe fiz a senha web fui no vale do anhagabau desbloquei e aparentemente tudo bem.
Mas para minha surpresa meu CCM foi concelado pois no link da carta aparentemente havia instruções qual ela não me deu e pior ainda o documento que ela me deu era uma consulta Optates não era meu CCM. e no dia 13/04/2011 meu CCM foi cancelado agora me informaram que tenho que cancelar tudo CNPJ/IE/ e abrir um novo MEI depois de pagar todos os impostos e ter um certo tempo de empresa terei que começar do zero! as empresas em que fiz cadastro só me aceitarão depois de um ano de CNPJ disseram que o MEI estava dispensado de Contador olha o que aconteceu comigo quem não é da area nem sabe como pesquisar: CCM /CNPJ/ só fiquei sabendo agora o que faço existe uma forma de reativar meu CCM me ajude por favor Estou tão passada que nem consigo trabalhar direito.
as vezes as pessoas se propoe a fazer algo mas quando não inclui pagamento fazem de qualquer jeito sem nenhuma consultoria pois ja que foi de graça a pessoa que se vire.

Por favor me ajude

Diana

Rosanna disse...

Diana, bom dia!
Eu lamento sinceramente o que você tem passado.... vamos tentar melhorar esta situação, ok?
Errado desde o começo com a opção do serviço, a contadora deveria saber que haveriam sim muitos problemas. Como você tem uma empresa de uma coisa e trabalha com outra??? Alterações no MEI, assim como cancelamentos, não são coisas simples de se fazer, a falta de boa vontade aliada a falta de informação tem sido um tormento na vida de quem precisa modificar qualquer coisa na MEI... Não dá para reativar o CCM e você só conseguirá abrir outra empresa após a baixa definitiva desta MEI. Não quero te desanimar mais, mas até hoje eu não consegui dar baixa no meu CNPJ (mais de um ano tentando...). Mas há alguns passos que você pode fazer para diminuir seu problema (Você mesma consegue, sem precisar de contador, basta um pouco de orientação. Se no momento em que estiver fazendo quiser minha ajuda, me chame no skype, fico on line o dia todo, ou me mande um e-mail):
1 - Precisa solicitar a baixa na Junta Comercial. Antes porém consulte se a empresa ainda aparece no site da Jucesp (pode consultar pelo nome). Se estiver ativa, entre no link Cadastro Web e siga os passos para cancelamento de inscrição de matriz. A partir do mês em que a Junta autorizar a baixa da empresa, não pague mais as guias mensais do DAS e cuide para que as declarações anuais de faturamento tenham sido feitas e enviadas ao Governo, para não ter dor-de-cabeça com multas;
2 - Seria o cancelamento do CCM, mas se já foi cancelado automaticamente, era bom fazer uma consulta para saber como está;
3 - Solicitar a baixa do CNPJ na Receita Federal. No site da Receita, link Empresas, CNPJ, tem os caminhos para gerar os documentos da baixa. O problema é conseguir a senha para entregar tudo num posto da Receita, o que não consegui fazer até hoje.... Somente com a certidão de baixa do CNPJ é que você poderá considerar sua MEI fechada de fato e poderá abrir outra empresa de qualquer porte.
Bom, quanto aos seus clientes de agora, podemos pensar numa alternativa. Será que eles aceitam contratar seus serviços mesmo sem nota fiscal? Você poderia montar um recibo bem informado com todos os seus dados, substituindo a nota. Claro que isso pode te prejudicar um pouco no sentido de que nem todos os clientes aceitarão contratar os serviços sem nota, mas alguns podem aceitar e entender a situação... Outra alternativa seria ter alguém da sua confiança que pudesse abrir uma MEI correta para que emitisse as notas, como um sócio. É como se a empresa fôsse dessa pessoa e você fôsse uma funcionária, só para suas atividades não ficarem paradas. Quando tudo se resolver, você abriria sua própria empresa.

As pessoas que não me conhecem direito ficam me perguntando por que eu ajudo os outros por meio do blog se eu não cobro nada por isso, não ganho nada com isso, e para essas pessoas eu respondo que cada vez que alguém se lembra de mim, se lembra de que há um blog em que elas podem colocar seus problemas pois terão no mínimo uma tentativa da minha parte em tentar minimizar seus problemas, que cada vez que alguém se lembra que eu dei uma reposta e me indica a algum amigo que está passando por um problema semelhante, eu já me sinto extremamente feliz, fazendo parte da vida dessas pessoas, sendo lembrada com carinho por ter ajudado na resolução e não aumentando mais ainda o problema.... Eu também já precisei, e preciso até hoje de respostas, que não consigo encontrar, fico batendo a cabeça atrás de uma informação e outra para tentar resolver as questões que chegam até mim no trabalho, e frequentemente não encontro uma alma abençoada que esteja disposta a dividir o seu conhecimento com os outros. No fim das contas, eu ganho muito mais do que as pessoas enxergam... Não sei dizer por que eu faço isso, mas só sei dizer que eu não consigo deixar de fazer.... Espero sinceramente que com as minhas informações você consiga amenizar um pouco sua frustração e consiga dar alguns passos na resolução deste problema. Boa sorte! E obrigada!

Anônimo disse...

Boa tarde,
Sou conatdora no RJ e estou ajudando um amigo que esta passando por dificuldades, ficou sem contador na filial de SP, o que devo fazer com as NFe Paulista que recebo??? Tenho que escritura em algum tipo de livro?? Tem alguma obrigatoriedade mensal e/ou anual??? Atenciosamente
Júlia

Anônimo disse...

Corrigindo: não é NFe Paulista e NF Paulistana (prefeitura)

Obrigada
Júlia

Rosanna disse...

Júlia, boa tarde!!
Sim, todas as notas de compras e serviços tomados que seu cliente tiver mensalmente, devem ser escrituradas na contabilidade, nas devidas contas conforme a natureza da despesa, nos Livros Diário e Razão. Em SP, quando se recebe uma nota de serviços de fora da capital, esta deve ser convertida na NFTS (nota fiscal do tomador de serviços)pelo site da Prefeitura. Este procedimento substitui a DES (declaração eletrônica de serviços) e deve ser feita até o dia 5 do mês subsequente à emissão das notas. Deve ser feito para notas em talão e eletrônicas. Fora isso, não esqueça de gerar as guias para que seu amigo recolhe os impostos retidos nas notas, e também contabilizá-los, ok?
Um abraço.

Anônimo disse...

Ola Rosana,
Somoa uma empresa propaganda medica, emitimos A1 tanto para AG's quanto outras saidas, como proceder no caso de termos emitidos um anota para funcionario la no Parana para receber um produto de propaganda(outras saidas 6949)so que a farmacia ira fechar ou funcionario que recebeu a mercadoria foi mandado embora, qual o procedimento para enviar estes produtos a outro estabelecimento ou funcionario?

Anônimo disse...

ola Rosana,gostaria de saber sobre o envio da senha web pela prefeitura. Bom, primeiramenete vou te explicar exatamente como fiz o cadastro no mei. Sou eletricista e apareceu uma oportunidade de atender pessoa juridica tambm, então percebi a necessidade de estar emitindo nota. Entrei no portal fiz o cadastro, como vc ja sabe, saiu na hora o certificado e aproveitei e imprimi o formulario para desbloqueio da senha web. Preenchi e levei na secretaria de finanças do vale do anhangabaú. Comentaram comigo a respeito do cadastro no ccm, fui por 2 vezes na subprefeitura de itaquera e informaram que o cadastro é gerado automatico no ato do certificado do mei no portal... E agora estou aguardando a senha web chegar em meu email, fiz correto???
Muito obrigado pela oportunidade

Rosanna disse...

Olá! sobre a empresa de propaganda médica, acredito que o correto neste caso é receber a mercadoria e dar entrada como devolução. Depois, enviá-la para o destinatário certo com a nova nota.
Desculpe a demora em responder... Espero que ajude.
Um abraço.

Rosanna disse...

Olá! sobre o CCM de eletricista, na verdade, não é gerado automaticamente não, demora em torno de 40 dias para ser disponibilizado no site da prefeitura a cotar do dia da formalização como MEI e, até lá, provavelmente seu pedido de senha web não vai ser atendido.... O restante que você fez está correto. Pesquise no site da prefeitura se já consta seu CCM. Você consegue informando seu CNPJ.
Qualquer coisa, volte a postar, ok?
Um abraço!

Anônimo disse...

Olá Rosana... vc me ajudou uma vez no ano passado e peço novamente sua ajuda. Abri uma MEI para meu namorado ai em São Paulo. Ja saiu o CCM, bem como o desbloqueio da senha web. Entrei no portal da NFE-s da prefeitura, alterei a configuração do perfil e fiz a opção de tributação pelo Simples Nacional com data de 01/06-2012, ja que a abertura da MEI deu-se em 28/06/12.
Porem não aparece opção de opção de nota, nem mesmo de solicitação de autorização de nota....

Isso é normal, fiz todo esse procedimento ainda hoje, devo aguardar alguns dias?

Grata,

Kátia

Anônimo disse...

Retificando: *Não aparece opção de emissão de nota...

Kátia

Anônimo disse...

Boa tarde Rosana, estou com o mesmo problema da Katia, abri uma MEI, e não aparece a opção de Autorização de emissão de nota fiscal assim como o link emissão de nota fiscal, inicialmente a prefeitura de sp havia dito que o problema estava ocorrendo pelo fato de não ter nenhum código cadastrado no CCM (erro de sistema), fui até a prefeitura, cadastraram dois (isto foi ontem) porém as opções ainda não aparecem, o que faço?

Muito Obrigada

Silvia

Rosanna disse...

Olá, Silvia e Kátia! Boa tarde!
Está parecendo problemas de sistema mesmo... no primeiro acesso, pelo menos a opção de autorização de nota deveria aparecer. Se a prefeitura não resolver e o CCM estiver com os códigos corretamente cadastrados com os serviços que as empresas de vocês prestam, sugiro ir até a Secretaria do MEI, na rua Libero Badaró. Acho que poderão ajudar vocês a descobrir qual o erro na prefeitura.
Boa sorte!

Anônimo disse...

Olá, Rosana. Tudo bem?
Estou com uma dúvida sobre quanto tempo leva para ser deferida a autorização para emissão de NFS-e? As notas convencionais que já forma emitidas eu devo substituílas, correto? Essas NF de substituição eu devo entregar aos clientes ou só devo mantelas para a minha contabilidade? Grato, Ademir.

Karl disse...

Olá Rosana,

primeiramente tiro meu chapéu para sua iniciativa em ajudar o próximo neste seu blog. Parabéns e obrigado pelo conteúdo bastante esclarecedor.
Bem, tenho dúvidas como qualquer outra pessoa, e pude acompanhar grande parte dos posts aqui para me orientar um pouco.
Fiz ainda agora o meu MEI no portal do empreendedor e foi super rápido. Recebi meu certificado MEI e fui ao portal da prefeitura de SP para ver qual o próximo procedimento.
Há a inscrição online do CCM. No entanto, minhas perguntas pertinentes são:
1. Devo fazer esta inscrição online já ou o CCM é expedido automaticamente?
2. Caso deva fazê-lo, acredito ser inscrição de pessoa jurídica (MEI), correto?
(http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/financas/servicos/ccm/index.php?p=2369)

Agradeço de antemão sua ajuda!

Abraços

Karl

Rosanna disse...

Oi, Ademir! Boa noite.
O deferimento leva em torno de 5 dias úteis. Se demorar muito, procure a prefeitura para se certificar que não houve erro no seu cadastro.
Você pode guardar as notas convencionais. Elas passam a ser RPS (Recibo Provisório de Serviços) e servem para quando acontecer de não conseguir acessar o site da prefeitura para emitir a eletrônica e o cliente não puder esperar. Depois, quando o sistema se normalizar, substitua o RPA pela NFS-e imediatamente e guarde uma cópia impressa no talão. Envie sim para o contador saber, e também para seu cliente saber que houve a substituição.
Um abraço!

Rosanna disse...

Obrigada, Karl! Espero que encontre sempre as respostas que procura!
O CCM é gerado automaticamente e acontece em torno de 45 dias após sua formalização como MEI. Você deve ir consultando no site da prefeitura pelo seu CNPJ em CCM - FDC (Ficha de Dados Cadastrais).
Quando estiver disponível, você poderá providenciar a nota fiscal.
Um abraço!

Karl disse...

Grato Rosana,

somente para registro aqui a trodos os leitores: consegui o CCM anteontem, portanto, em 7 dias! Um avanço nos prazos.

Obrigado
Karl

Rosanna disse...

Ótima notícia, Karl!

Anônimo disse...

Olá, Rosana.
Agradeço sua informação.
Ajudou bastante.
Grato,
Ademir.

Anônimo disse...

Olá Bom Da Rosana, tudo bem ? muito bom seu Blog, Parabens !!
Bom gostaria de saber se vc possui a Lei que diz que as empresas que emitem Nota de Serviço Eletrônica estão dispensados da impressão do Livro Mod. 51 !!
Muito Obrigado.

Rosanna disse...

Olá!
Se for MEI, é dispensado da escrituração dos livros fiscais pela Lei 128/2008. Já as outras empresas prestadoras de serviços, de outros portes, tiveram a escrituração do livro 51 substituída pela DES (declaração eletrônica de serviços) que também foi substituída conforme a nota eletrônica da prefeitura foi sendo ampliada a todos os prestadores, mas não sei te dizer por qual lei. Se eu estiver enganada, por favor, alguém me corrija, ok?!
Um abraço.

Rafael Avelar disse...

Rosana, parabéns pelo blog. Bom veja se pode me ajudar. Me inscrevi no MEI em dezembro com o endereço de Belo Horizonte, aonde eu residia. Hoje estou prestando serviços em São Paulo. Eu posso emitir a nota fiscal paulistana mesmo tendo endereço cadastrado fora do município de SP?
Paguei pelo certificado digital, porém quando eu acesso o portal da NFS-e de SP não tinha a opção de emitir a nota fiscal. Me disseram que eu precisava criar a senha web então fiz os procedimentos e estou aguardando no meu e-mail a confirmação da senha. Lendo seu blog vi que é necessário cadastrar o CCM, porém minha empresa não está cadastrada em São Paulo. O que eu devo fazer?

Rosanna disse...

Oi, Rafael.
Você deve alterar sua empresa para SP. Veja se com o processo simplificado no portal do empreendedor você consegue fazer isso sem ter que ir até Belo Horizonte. Caso tenha que ser pelo processo de sempre, tudo começa com a Junta Comercial. Somente quando sua empresa estiver com endereço de SP e totalmente cadastrada aqui é que poderá emitir nota de SP, ok?
Se precisar de mais orientação, me mande um e-mail pois estou com problemas para acessar o blog: rosanna_sarraino@yahoo.com.br.
Um abraço.

VÂNIA disse...

Boa Tarde

Rosana

Meu nome Vânia, abri uma MEI em SP não tive nenhuma dificuldade em abrir , alterar, no certificado digital e ate para emissao da NFe agora tenho uma duvida. Fiz uma venda para uma empresa em Manaus e não sei como emitir a NFe se tem impostos ou não, será que voce pode me ajudar?
Obrigada

NELSON disse...

Rosana, boa noite.
Eu estou recolhendo o ISS sobre NFS-e para um condominio residencial através de DAMSP e nunca utilizei a guia de recolhimento de NFS-e. Como faço para regularizar a situação? Um abraço.

Rosanna disse...

Vânia, bom dia.

Não entendo muito de comércio não, sinto muito, mas imagino que MEI não deve destacar nada na nota, já que paga seus impostos em guia única, inclusive ICMS. Seria interessante você pesquisar no Regulamento do ICMS e em outros fóruns e blogs se alguém já passou por isso, ok?
Desculpe não poder ajudar...
Um abraço.

Rosanna disse...

Nelson, bom dia.

Respondi pelo seu e-mail ok?
Mas segue aqui minha resposta para que possamos ajudar outras pessoas:

Você recebe nota eletrônica e não recolhe o ISS pela guia do eletrônica da prefeitura, é isso?
Primeiro, acredito que você precisa pesquisar na prefeitura se os débitos constam como recolhidos. Não importa muito qual guia você usou porque a baixa é feita por uma combinação de fatores como CNPJ, documento fiscal, valor, etc...
Se no site da prefeitura constarem os débitos em aberto, com as guias DAMSP quitadas você deve abrir um processo na prefeitura para baixar os débitos.
Vai dar um certo trabalho mas é preciso.

Comece por essas pesquisas:
http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/financas/servicos/duc/
http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/financas/servicos/certidoes/index.php?p=2394

No site da prefeitura, você também encontra mais informações sobre o ISS.
http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/financas/servicos/iss/

Um abraço.

Bárbara Freire disse...

Oi Rosanna!
Estou com um dúvida. Será que você pode me ajudar?
Eu fiz o cadastro do CCM na prefeitura para emitir nota como jornalista. Mas não sei como fazer isso. Você sabe onde posso conseguir informações?
Para emitir notas eu preciso abrir uma MEI?
Também gostaria de saber se posso emitir nota convencional (papel) ou pode ser eletrônica e quais são as implicações de cada uma destas notas?
Me ajude, por favor?
Obrigada!

Rosanna disse...

Bárbara, bom dia.
A sua intenção é trabalhar como autônoma? Se sim, a inscrição no CCM é o primeiro passo, agora você deve se inscrever na Previdência. Nesse caso, o que você vai emitir é RPA, comprado em papelarias. E deve reter 11% de INSS nos seus recibos.
Se sua intenção for ter empresa, precisa ver se pode ser MEI (acredito que não, somente jornaleiro). Nesse caso, não precisava se inscrever no CCM pois isso seria automático à sua inscrição como MEI.
Sendo MEI, prestadora de serviços, você pode emitir a nota eletrônica da prefeitura e a tendência é que o talão deixe de existir. A diferença entre elas é o trabalho para ter. Enquanto que o talão você precisa ir até uma gráfica com a documentação e enviar para seus clientes por correio ou pessoalmente, a nota eletrônica é mais simples podendo ser enviada por e-mail. Ambas as notas, no MEI, não são consideradas para cálculo de impostos.
Precisa ver qual tipo te atende nesse momento - autônoma ou MEI. Quanto ao CCM que emitiu, se optar pelo MEI ou outro porte de empresa, basta solicitar o cancelamento à prefeitura.
Espero ter ajudado. Boa sorte!
Um abraço.

Bárbara Freire disse...

Oi Rosanna!
Muito obrigada! Deu uma boa esclarecida. Você sabe se eu posso ter os dois? Pois além de ser frila como jornalista, quero abrir um negócio de venda online que se encaixa na categoria do MEI. Pergunta difícil esta?
Obrigade de novo!

Rosanna disse...

Oi, Bárbara. Se você for autônoma e abrir uma MEI, acredito que não haverá problemas. Agora, duas MEIs não pode, ok? Há essa vedação na Lei.
Um abraço.

Anônimo disse...

Boa tarde Rosana! Tudo bem?
Meu nome é Mariana e eu tenho a seguinte dúvida: Corretor (autônomo) deve emitir Nfe?

Rosanna disse...

Olá, Mariana.
Autônomo, devidamente inscrito na Prefeitura e na Previdência Social, emite RPA (é comprado em papelaria).
Um abraço.

aline naomi disse...

Gostei demais do blog, tirou várias dúvidas que eu tinha e várias outras pessoas também tinham! Muito obrigada, Rosanna!

Rosanna disse...

Oi, Aline! Fico feliz em saber!
Um abraço.

Vitor Paranhos disse...

Ola Rosana, Estou com uma duvida. Eu me formalizei pelo MEI e emiti 2 notas , 1 em fevereiro e outra em Março. E notei que nas duas constam um valor de Aliquota de 5%.Qdo entro na opção "Guias de Recolhimento de NFS-e" aparecem dois valores referentes a essas notas para emissão de uma guia de pagamento. Pq existe essa cobrança ja que a minha opção é a MEI ? O que façø ? Obrigado
Vitor

Rosanna disse...

Oi, Vitor!
Verifique nas configurações de perfil se a opção pelo Simples Nacional está marcada. Geralmente isso acontece quando a opção não foi assinalada.
O melhor agora, se for possível, é cancelar as notas, assinalar a opção e emití-las novamente, sem que gerem as guias de ISS. Se não tiver jeito de cancelá-las, as guias devem ser pagas para que sua empresa não fique com pendências na dívida ativa da prefeitura.
Deveria ser automático mas o sistema tem suas falhas....
Um abraço.

Anônimo disse...

Olá Rosana! Me cadastrei no MEI recentemente e já recebi a autorização de minha senha-web. Porém, ao acessar o sistema, não consta a opção de emissão de NFE-S. O que pode ter ocorrido?

Rosanna disse...

Olá! Tudo bem?
Veja se no menu lateral há a opção para solicitar autorização para emissão de nota fiscal - se não me engano, já postaram essa ocorrência aqui no blog e é um passo novo a seguir antes que consiga emitir.
Um abraço.

Acervo das Tintas disse...

Rosanna, Boa Tarde! Abri empresa no micro empreendedor, agora estou tentando emitir o CCM e aparece a seguinte mensagem: Este CNPJ não consta no nosso banco de dados ou aparece Emissão da Ficha de Dados Cadastrais - FDC


Atenção !!!



O CCM/CPF/CNPJ não consta da base de dados do
Cadastro de Contribuintes Mobiliários.

Poderia me auxiliar no que fazer?

Rosanna disse...

Acervo das Tintas, bom dia.
Consulte no portal do empreendedor, pelo CPF, se sua inscrição está ok. Se estiver tudo certo, talvez ainda não tenha tido tempo do seu CCM ser gerado, leva em torno de 40 dias a contar da formalização. Se não estiver ok, sua formalização pode não ter sido aceita. Neste caso, entre em contato com o Fale Conosco do portal do empreendedor para verificar o que aconteceu.
Um abraço.

Anônimo disse...

ola rosanna

efetuei o cadastro no MEI e emiti a guia de desbloqueio da senha para fazer o desbloqueio eu tenho que esperar sair o ccm? ou até mesmo reconhecer firma de algum documento ou requerimento? fiz o cadastro no dia 28/05/13 o que devo fazer agora?

saudações e muito obrigado

Rosanna disse...

Olá!
Eu pensava que o desbloqueio só ficava disponível depois que o CCM fosse emitido... Se houver a necessidade de reconhecer firma, estará escrito no documento, não sei te dizer, faz tempo que não emito e pode ter mudado o procedimento. O deferimento da senha chega por e-mail, depois é necessário entrar no sistema e clicar em Autorização para Emissão e aguardar o deferimento. Só depois de tudo isso o sistema estará liberado para emitir notas. Não esqueça de validar as informações da sua empresa em Configurações de Perfil.
Abraço.

Anônimo disse...

quanto tempo demora para o CCM se emitido ou desbloqueado fiz meu cadastro no fim de Maio me falaram a media de 15 Dias mas até agora nada.

grato pela atenção.

Rosanna disse...

O prazo de que tenho conhecimento é de 45 dias a partir da formalização.
Um abraço.

Tonello disse...

ola Rosana estou tentando emitir a minha primeira nfe, sou mei,
o campo prestador de serviços já esta preenchido automaticamente com minhas informações.
Mais quando eu tento preencher o campo: Tomador de Serviços
Aparece a mensagem: não é possível alterar os dados de tomadores inscritos no ccm.
Então como eu faço para colocar os dados da empresa que estou prestando o serviço.
Sera que estou fazendo alguma coisa errada?
Um Abraço.

Tonello disse...

Problema resolvido, obrigado...
acho que estava cego..

Rosanna disse...

Tonello, já conversamos por e-mail mas deixo aqui a minha resposta para ajudar a outros:
não é possível alterar dados nem de tomador nem de prestador de serviços porque esses dados vem do banco de dados da prefeitura.
No início da emissão de nota, você deve colocar o CPF ou CNPJ do seu cliente e aparecerá os dados cadastrados dele.
Um abraço.

Anônimo disse...

Rosana, boa tarde. Estou com muitas dúvidas, seria muito grata se pudesse me ajudar. Bem, meu pai é represenante comercial, fez uma cadastro no ccm porque a empresa quer que ele emita um RPA. A dúvida principal é: pode-se emitir esse recibo através do CCM, ou seja, é através do CCM vamos conseguir emitir o RPA? É isso mesmo? Aguardo. Grata, Andréia.

Rosanna disse...

Bom dia, Andreia.
Está tudo certo, seu pai, com o CCM na prefeitura, é agora um profissional autônomo. Precisa comprar um talão de RPA na papelaria. O RPA é o recibo que seu pai deve emitir a cada serviço prestado. Terá retenção de INSS e IR. O INSS é de 11% e o IR é conforme a tabela progressiva da Receita Federal.
Um abraço.

Anônimo disse...

Olá, Rosanna.
Muito obrigada pelos esclarecimentos. Seu blog é muito útil e você, por sua vez, uma pessoa muito educada e prestativa.
Um abraço,
Andréia

viviane disse...

Oi Rosana
Você é uma pessoa muito especial , só pelo fato de estar aqui ajudando outras pessoas ...Vamos lá acabei de me cadastrar MEI já tenho senha web e vou emitir a 1° nota ,preciso ter conta juridica ? existe algum boleto gerado apos a emissão da nota ? aguardo resposta obrigada !!email vividani@yahoo.com.br

Rosanna disse...

Viviane, bom dia. Muito obrigada! Faço um pouco do que posso, não me custa nada ajudar com o pouco que sei...
Toda empresa deve ter sua movimentação bancária separada da pessoa empresário. Sim, é importante sim ter uma conta jurídica.
Sendo MEI, não deve ser gerada nenhuma cobrança de imposto após emitir a nota. Para garantir isso, vá em configurações de perfil e verifique se a opção pelo Simples Nacional está assinalada.
Um abraço!

Anônimo disse...

Rosanna, Boa tarde!

Preciso da sua ajuda...

Veja bem iniciei como MEI a pouco tem porém cometi alguns erros... Comprei o certificado digital porém descobri que não preciso para emitir nota de serviço no site da prefeitura. Entrei com o certificado digital e ele automaticamente colocou minha forma de tributação normal. emite a primeira nota... e ele me cobrou iss... como faço agora cancelo a nota pelo site emite outra e altero minha forma de tributação para simples nacional pelo site mesmo consigo??? desde já muito obrigado ... helpppp... e parabéns pelo blog... Deus abençoe. Max

Rosanna disse...

Max, bom dia!
Não se preocupe com erros... eles são essenciais para nosso crescimento.
Você deve fazer o seguinte: entre no sistema de nota, vá em configurações do perfil, altere para Simples Nacional e cancele a nota que emitiu. Automaticamente a guia de ISS será cancelada mas mesmo assim confirme indo em guias de pagamento. Depois você pode emitir sua nota normalmente. O fato de você ter entrado com certificado digital não deveria alterar sua forma de tributação. Provavelmente, a opção do Simples Nacional não estava assinalada e você teria essa cobrança mesmo entrando sem certificado.
Precisando, é só falar.
Um abraço.

Unknown disse...

Rosanna, boa tarde! muito obrigado já fiz deu certo, agora mais uma dúvida vou emitir nota fiscal eletrônica NFE pois já tenho o programa e já tenho inscrição estadual. para vender produtos de informática quais os códigos que tenho que usar tenho que imprimir quantas vias para o cliente? pois vou o produtos pelos Correios..Desde já te agradeço pela atenção que Deus te abençoe.

Rosanna disse...

Puxa vida... essa é uma parte que ainda não tenho conhecimento - comércio... Mas acredito que você cadastra os códigos dos seus produtos, mas tem a questão do ICMS, que não conheço na prática para poder te orientar.
Quanto a emissão, você pode enviar uma via para o cliente junto com a mercadoria, uma para a contabilidade e uma para seu controle interno..
Um abraço

Tatiane Fernandes disse...

Por favor, gostaria de uma ajuda,ja tive a liberação da senha da web, mas não consigo emitir a nfs-e, sendo que sou MEI, mandei um email para a prefeitura eles me responderam dizendo que meu ccm não tem codigo de prestação de serviço, vc saberia o por que? e o que eu faço? obrigada

Rosanna disse...

Tatiane, bom dia.
Muito estranho pois no momento da abertura da empresa você selecionou uma atividade, e esta atividade gera códigos de serviços no CCM automaticamente. Você já consultou o seu CCM para verificar se realmente não constam códigos de serviços? Imprima o documento, seu certificado de MEI e procure a prefeitura pessoalmente. Pode ter ocorrido um erro de processamento no momento da abertura da empresa.
Um abraço.

Anônimo disse...

Bom dia, por favor, no municipio de
São Paulo, ao emitir a nfs-e, sendo eu, optante do simples nacional, não consigo informar a alíquota do iss ,
e, nos manuais, informam que eu devo
indica-la.
O que está errado, tem como verificar se estou cadastrada corretamente?

Rosanna disse...

Boa tarde.
Se quiser me passar seu CNPJ para que eu possa verificar a situação da sua empresa e poder te orientar melhor, por favor, envie para rosanna_sarraino@yahoo.com.br, ok?
Um abraço.

alexandre.alecont disse...

Oi Rosana como faço para me cadastrar como contador so site da nota fiscal paulistana?
Não conheço os procedimentos da prefeitura de são paulo!
Meu nome è Alexandre sou do interior de sp
obrigado
e-mai: lefas@globomail.com

Rosanna disse...

Oi, Alexandre.
Se sua intenção é acompanhar seus clientes de SP, quem cadastra o contador é o cliente, na parte das configurações.
Um abraço.

J.L. disse...

Rosanna, sou MEI e trabalho prestando serviços de revisão de textos para Empresas de outras cidades. Ao emitir nota fiscal eletrônica para uma empresa, devo selecionar ISS retido, tributado ou isento?
Grata. Julia.

Rosanna disse...

Oi, Julia.
Geralmente, é tributado.
Não é isento pois sua empresa tem ISS na guia de imposto.
Já a retenção, quando devida, deve ser discriminada no corpo da nota quando o município para o qual você esteja enviando a nota tenha essa lei, como acontece aqui na capital. Mas mesmo que haja a retenção, marque Tributado em SP pois é o local da prestação dos serviços.
Um abraço.

Carlos disse...

Boa noite Rosana, pode me ajudar? Sou MEI, já tenha a senha Web, mas quando entro no sistema, não aparece nenhuma opção de enviar notas fiscais... Só aparece isso:
Configurações do Perfil
Consulta de Notas
Informe Rendimentos
Alteração de E-mail
Mensagens Recebidas
Reclamação

Sabe o que acontece? Obrigado

Rosanna disse...

Carlos, bom dia! Desculpe a demora em retornar sua dúvida.
Após o desbloqueio, há um passo a ser feito, algo como "autorização para emissão", que deveria constar nesse menu que você informou. Sua MEI é prestadora de serviços somente? Porque essa nota da prefeitura é somente para serviços. Se for, será necessário ir até a prefeitura para consultar sua empresa e ver porque a opção de emissão ou pelo menos a de autorização não está disponível. Se sua empresa for comércio, essa nota não serve. Tem que ser com a Secretaria da Fazenda (estadual).
Um abraço.

Anônimo disse...

Boa Noite Rosanna,
Primeiro gostaria de parabenizar pelo seu blog.

Meu nome é Márcio e estou com uma duvida quanto ao ISS.

Após a emissão aparece as informações:
Valor total das deduções R$ 0,00
Base de calculo R$ 9.840,00
Alíquota(%) 5.00%
Valor do Iss R$ 492,00
Credito R$ 0,00

O valor do ISS não devia estar zerado?

Rosanna disse...

Bom dia, Márcio. Desculpe a demora em retornar....
O importante é verificar em "guias de pagamento" se após a emissão foi gerada a guia de ISS para recolhimento. Se a empresa é do Simples Nacional e esta opção estiver assinalada corretamente nas configurações de perfil, não será gerada guia de ISS para pagamento.
As informações sobre o imposto que aparecem na parte de baixo da nota emitida são somente informativas. Mesmo sem recolhimento, ou com recolhimento por guia unificada mensal, a alíquota é informada pela prefeitura.
Um abraço.

Anônimo disse...

Rosana Obrigado pela dica...
Verifiquei e tem sim guias para eu pagar como faço para regularizar essa situação?

Rosanna disse...

Olha, Márcio, as guias de ISS só são canceladas automaticamente quando a nota fiscal que originou a cobrança é cancelada, e isso só pode ser feito dentro do mês em que a nota foi emitida.
Se o cancelamento não for possível, sugiro que as guias geradas sejam quitadas para evitar transtornos com a prefeitura. Imediatamente, altere o perfil para que novas cobranças não sejam geradas. Esses pagamentos, acredito eu, podem ser solicitados o ressarcimento à prefeitura por meio de um processo administrativo.
Um abraço.

Jonathan disse...

Boa tarde!

Gostei muito do seu blog! já tirei várias dúvidas olhando os comentários, porém estou com uma dificuldade, tenho um cliente optante do simples que já possui a senha web, mas quando acesso o sistema da nota fiscal paulistana, não aparece no menu (que fica à esquerda) a opção de emissão de Nf
Porque isso acontece?

Rosanna disse...

Olá, Jonathan, bom dia!
Obrigada! Espero que encontre sempre um auxílio por aqui!
Verifique no menu se há alguma opção como "autorização para emissão". Já me relataram que esse é um passo novo do sistema da prefeitura. Após enviar a solicitação de autorização, o sistema irá liberar a emissão.
Pode acontecer também de ter ocorrido algum erro na formalização, como a falta de cadastro de códigos de serviços. Para verificar, emita o CCM no site da prefeitura e verifique no final do relatório se constam códigos cadastrados para a empresa do seu cliente.
Lembre-se de configurar o perfil do seu cliente depois no sistema para optante do simples nacional. Com isso, não será gerada a guia de ISS após emissão de nota.
Um abraço.